Home - CAD Versão Português English Version Versione Italiana

C.A. Diadema inicia era profissional para seguir irmãos de região

09 de Outubro de 2012 (Terça-Feira)

CAD NA MÍDIA

Colado à capital paulista, o ABCD paulista demonstra força própria em função da riqueza econômica da região, situação que já trouxe  frutos importantes no futebol. O São Caetano é o grande pilar do sucesso, pois alcançou o vice da Copa João Havelange (referente ao Brasileirão de 2000) e da Libertadores da América de 2002. O Santo André integrou a elite nacional em duas oportunidades (1984 e 2009), enquanto o São Bernardo volta à primeira divisão paulista em 2013 e está classificado até para a próxima edição da Copa do Brasil. Agora, Diadema usa o espelho dos vizinhos e pretende incomodar os grandes em um curto espaço de tempo.

Fernando Dantas/Gazeta Press
Clube Atlético Diadema inicia a participação em torneios profissionais na temporada 2013.

O Clube Atlético Diadema - chamado carinhosamente de CAD por seus próprios integrantes – definiu o início de sua vida no futebol profissional para o ano que vem, com a participação na quarta divisão do Campeonato Paulista, provavelmente a partir do mês de abril. No entanto, o projeto envolve objetivos mais ousados, com o sonho de participar da elite estadual.

CLUBE ATLÉTICO DIADEMA

Fundação: 9 de outubro de 2009
Presidente: Paulo Lofreta
Mascote oficial: Imperador do ABC
Site oficial: www.cadiadema.com.br

“Queremos estar na Série A1 do Campeonato Paulista em cinco anos”, avisa o coordenador de futebol do Diadema, Leonidas Barbosa. “Nossa ideia era começar esse projeto em 2010 e chegar à primeira divisão em 2015, mas tivemos problemas para viabilizar o estádio para jogar a quarta divisão”, emenda.

O Diadema segue uma prática que virou comum no futebol brasileiro. Fundado por uma união de investidores – denominados como AD BR Soccer -, a equipe conta também com apoio municipal. “A prefeitura de Diadema nos dá uma contribuição muito importante, no transporte dos atletas, além nas ambulâncias e na polícia que precisamos nos jogos como mandante”, aponta Leonidas Barbosa, que também confirma um convênio com o agente Gilmar Rinaldi. "Nós aproveitamos os jogadores que ele não consegue encaixar em times maiores", completa.

Desde 2010, Diadema está adiando o início das atividades profissionais por uma regra da Federação Paulista de Futebol (FPF). As equipes da quarta divisão devem mandar seus jogos em locais com capacidade para 5 mil espectadores, no mínimo. Em novembro, a cidade inaugura um estádio municipal para 5.800 torcedores.

Ainda assim, o problema voltará à tona caso o Diadema alcance o acesso para a Série A3. “Aí vamos precisar de um estádio para 10 mil pessoas. Ou ampliamos de alguma forma o local onde vamos jogar, ou atuamos em outra cidade, como em São Bernardo do Campo, no estádio Primeiro de Maio”, explica Leonidas Barbosa.

Diadema promete rivalidade local

A cidade de Diadema irá contar com mais um representante na quarta divisão paulista em 2013, além do CAD. Ex-time amador, o Água Santa, fundado em 1981 e que já contou em suas fileiras com jogadores como Claudecir (ex-São Caetano e Palmeiras), Capitão (ex-Portuguesa e São Paulo) e Dinei (ex-Corinthians), também está filiado à FPF e promete ingressar nas competições profissionais. Apesar da concorrência, o Clube Atlético Diadema considera ter uma estrutura melhor em relação ao rival.

Mas, antes de pensar novamente no estádio, o Diadema trabalha para melhorar a sua estrutura. Por ainda engatinhar, o clube reconhece as instalações limitadas. O Centro de Treinamento do Taperinha – no bairro da Vila Nogueira - foi construído na área de um antigo campo de várzea e sofre com a falta de espaço. Uma rede acabou colocada em volta do campo principal para proteger as humildes casas que ficam praticamente coladas ao local.

De qualquer forma, o Diadema traz um quarto com beliches para os jogadores das categorias de base (nove meninos moram no clube), um pequeno refeitório, um setor para os técnicos observarem os vídeos dos adversários e uma sala de musculação com equipamentos novos.

http://www.gazetaesportiva.net/noticia/2012/10/bastidores/diadema-inicia-era-profissional-em-2013-para-seguir-irmaos-de-regiao.html

Fonte: Gazeta Esportiva

Fonte: Gazeta Esportiva

VOLTAR

PATROCINADORES
FILIAÇÕES
APOIADORES
   
  FacebookTwitter
© CAD - Clube Atlético Diadema | Criação de Sites .com.br